quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Paul McCartney - Out There Tour (Allianz Parque - São Paulo - 25/11/2014)

O belo 'Allianz Parque' - ou 'Arena do Palmeiras', como preferirem - recebeu, enfim, um espetáculo de verdade. 
Paul McCartney trouxe para a arena palmeirense sua "Out There" tour e, literalmente, fez até chover. 
Os portões foram abertos com uma hora de atraso - o que obrigou muitas pessoas, inclusive crianças e idosos que chegaram cedo, a tomar chuva já na fila para entrada. Já o show teve atraso de cerca de 45 minutos para seu início. Tirando esses deslizes, a organização merece elogios, e o sentimento geral em relação ao Allianz Parque como novo espaço para foi extremamente positivo.
Foram quase três horas de show e um repertório esplendoroso cobrindo toda sua carreira, incluindo seu mais recente lançamento, o álbum 'New' de 2013. 
Paul McCartney é carisma puro e tem uma vitalidade invejável para os seus 72 anos. E acima de tudo, Paul ama o que faz. Tenho certeza que se o show tivesse metade da duração, ainda assim lotaria arenas pelo mundo e obteria o mesmo lucro. 
Mas Paul entende a devoção de seu público e retribuiu à altura. Assim, o que tivemos foi uma sucessão de hits sacados de um arsenal inigualável. 
Difícil escolher destaques, mas particularmente emocionantes foram as músicas em que Paul lembrou suas ex-esposas ('My Valentine' e 'Maybe I'm amazed') e seus parceiros de Beatles (Lennon com 'Blackbird', momento em que o palco se elevou e Paul cantou sozinho ao violão e 'Something', com direito a introdução no ukelele, em homenagem a George, com o telão reproduzindo belas imagens de Paul e seus ex-companheiros).
As canções do Wings também foram espetaculares e fico me perguntando se mais alguém notou que a chuva voltou justamente na hora do verso "the rain exploded with a mighty crash"em 'Band on the Run'...
Não poderia deixar de mencionar as músicas do álbum 'New', que soam muito bem ao vivo. Foram executadas 4 ao todo: a faixa-título, 'Save us', 'Queenie eye' e a fantástica 'Everybody Out There'.
Desde que ouvi 'Everybody Out There' tive a certeza de que ela havia sido composta para ser tocada ao vivo (um detalhe bizarro: na véspera do show até sonhei com Paul executando essa música...), e ver Paul cantando a plenos pulmões os versos finais foi algo sensacional!
E é claro que tivemos todos os hinos dos Beatles perfeitamente executados e entoados pelas 45.000 vozes presentes. Em 'Hey Jude', além de 'na-na-nas' infinitos tivemos uma bela participação do público das arquibancadas, que com seus celulares deram um brilho fantástico à arena. 
Já 'Ob-la-di, Ob-la-da' foi o momento mais festivo, enquanto 'Day Tripper' e 'Helter Skelter' forma responsáveis pelos momentos mais pesados.
Ao final do show, além do êxtase de um espetáculo apoteótico, a certeza absoluta de Paul McCartney não simplesmente um dos maiores nomes da história do rock. Ele é muito mais do que isso. É um gênio comparável a outros nomes insuperáveis em suas épocas e em suas artes, cujo legado merece ser sempre reverenciado. Felizes todos aqueles que puderam em alguma época presenciar um show como esse.   

Paul McCartney - Out There Tour 

Allianz Parque  - Set list:


1- Eight Days a Week
2- Save Us
3- All My Loving
4- Listen to What the Man Said
5- Let Me Roll It
6- Paperback Writer
7- My Valentine
8- Nineteen Hundred and Eighty-Five
9- The Long and Winding Road
10- Maybe I’m Amazed
11- I’ve Just Seen a Face
12- We Can Work It Out
13- Another Day
14- And I Love Her
15- Blackbird
16- Here Today
17- New
18- Queenie Eye
19- Lady Madonna
20- All Together Now
21- Lovely Rita
22- Everybody Out There
23- Eleanor Rigby
24- Being for the Benefit of Mr. Kite!
25- Something
26- Ob-La-Di, Ob-La-Da
27- Band on the Run
28- Back in the U.S.S.R.
29- Let It Be
30- Live and Let Die
31- Hey Jude
Bis
32- Day Tripper
33- Hi, Hi, Hi
34- I Saw Her Standing There
Bis
35- Yesterday
36- Helter Skelter
37- Golden Slumbers

Veja também:
Ronnie Von cantando Beatles
Estádios lindos e times feios

Um comentário:

  1. Faltou cantar "Help!" em homenagem ao time da casa! He he he!
    Muito bom!

    ResponderExcluir